Postado por Larissa Kiddo 0 Comments


O projeto de lei anti-anime foi aprovado e entra em vigor em julho de 2011. A lei proibe:
  • Proibi qualquer manga, animação ou imagem (mas excluindo imagens da vida real) que exibem atos sexuais ou a simulação destes que seriam ilegais na vida real, ou atos sexuais ou a simulação destes entre familiares próximos cujo casamento seria ilegal e ainda conteúdos que glorifiquem ou exagerem injustificadamente atos de violência, sexuais ou pseudo-atos sexuais.
  • A ação sobre todos os conteúdos que sejam prejudiciais para o correto desenvolvimento da sexualidade dos jovens e o governo metropolitano de Tóquio terá poder unilateral para banir qualquer conteúdo onde o ato sexual ou sua simulação seja considerado corruptivo da ordem social.
    Fonte: Animalog

Reações: 

0 Responses so far.

Postar um comentário